top of page

Melhores alongamentos para lombar e ciático


Veja quais são os benefícios dos alongamentos para amenizar dores na lombar e no ciático e confira alguns exemplos fáceis de fazer em casa.


Quais são os melhores alongamentos para lombar e ciático?


Quem sofre com dores na lombar ou no nervo ciático precisa saber que a prática regular de alongamentos pode promover um efeito muito positivo na redução das dores.


Além de reduzir os incômodos, ao longo do tempo, a prática dos alongamentos ajuda a evitar o aparecimento de lesões mais graves e ainda contribui para corrigir os problemas existentes, além de melhorar outros aspectos como a postura e a flexibilidade corporal.


O legal dos alongamentos é que eles são simples de serem feitos, podem ser realizados em qualquer local e de forma muito rápida. Um minuto já é suficiente para aliviar algumas dores.

Benefícios dos alongamentos para dores na lombar


A região lombar consiste na parte da coluna vertebral localizada entre a região torácica e a sacrococcigiana, ou seja, a parte inferior da coluna. As dores costumam acontecer, em grande parte, pela execução de movimentos repetitivos ou pelo excesso de tempo que o corpo fica em uma mesma posição.


Os alongamentos ajudam a trabalhar a flexibilidade das articulações e movimentá-las, reduzindo as dores e evitando que elas voltem a acontecer.

Benefícios dos alongamentos para dores no nervo ciático


O nervo ciático é o nervo mais espesso do corpo humano e também o principal nervo dos membros inferiores (pernas). As dores podem ser muito comuns e causadas por diferentes fatores como lesões ou fraturas pélvicas, presença de tumores, diabetes meliitus, síndrome do músculo piriforme, deslocamento ou inflamação do disco, dentre outros.


Os principais sintomas que acometem o nervo ciático são dores em apenas um lado da nádega ou em uma das pernas, indo até o pé, sensação de formigamento ou queimação, fraqueza e dormência ao movimentar as pernas e os pés, irritação constante ao realizar certos movimentos, dentre outros problemas.


O problema pode ser amenizado quando você descobre a causa e evita posições que possam irritar o nervo, e ainda quando evita passar muito tempo na mesma posição, especialmente se for de pé. Os exercícios de alongamento são uma das alternativas para amenizar as dores e evitar que elas voltem a acontecer.

Quais alongamentos fazer?


Em ambos os casos, é muito importante saber a causa do problema, para que os movimentos realizados não provoquem o efeito reverso, contribuindo para o aumento das dores. Casos de inflamações e outros problemas mais graves precisam de acompanhamento médico.


A realização dos movimentos corretos também é de extrema importância. Alguns dos alongamentos que podem ser feitos para amenizar tais dores são:

Postura do gato e da vaca


Essa é uma postura bastante utilizada no yoga e que funciona muito bem para acordar a coluna. Para realizar, é necessário ficar de quatro, com joelhos e mãos no chão, e arquear a coluna até o ponto que seja possível enxergar as coxas, depois trazê-la de volta ao ponto de partida, deixando a barriga descer.


Essa postura alivia as tensões da região lombar que é também onde a dor ciática costuma iniciar. Além disso, mobiliza a coluna e evita o surgimento de lesões.

Alongamento do piriforme


Alongar o músculo do piriforme, que fica localizado na região do glúteo, ajuda a diminuir a compressão do nervo ciático e reduzir as dores.


Para fazer é preciso deitar no chão com a barriga para cima e dobrar os joelhos, mantendo os pés no chão. Então, uma perna deve ser cruzada sobre a outra e com as duas mãos, segure a perna que ainda está apoiada no chão, puxando-a em direção ao peito. Mantenha a posição por 30 segundos e troque de perna.

Alongamento do bíceps femoral


Este alongamento permite alongar o músculo que fica localizado na parte de trás da coxa, também o glúteo e a lombar.


Para fazer, deite-se de barriga para cima e dobre seus joelhos mantendo os pés no chão. Com a ajuda das mãos, traga um dos joelhos até o peito e mantenha essa posição por 30 segundos. Depois, faça o mesmo com a outra perna.

Alongamento piramidal


Alonga o músculo piramidal, que fica localizado no abdômen, além do glúteo e da lombar.


Para fazer, é preciso deitar de barriga para cima com as pernas estendidas. Dobre a perna direita e coloque a mão sobre o joelho. Puxe a perna de forma suave para o lado esquerdo do corpo, vá até o máximo que conseguir, mas sem forçar. Mantenha a posição por 30 segundos e depois faça com a outra perna.

Como reduzir as dores e viver com mais qualidade de vida?


Os alongamentos vão ajudar, mas a prática regular de atividades físicas é indispensável para evitar dores e viver com mais saúde e qualidade de vida.


Os treinos funcionais são uma ótima solução para quem está buscando por uma vida mais ativa. Eles são feitos a partir de um conjunto de exercícios que trabalham todos os músculos corporais, contribuem para a flexibilidade, equilíbrio, resistência física e aumentam a disposição.


Além disso, vale citar que os treinos funcionais podem ser elaborados de forma personalizada, podem ser individuais ou em grupos, atendem todas as idades e ainda podem ser feitos ao ar livre.


141 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page