top of page

Método Tabata


Conheça o método Tabata, como ele surgiu, o que propõe e quais os benefícios que pode proporcionar para quem escolhe essa modalidade de treino.

Método Tabata: o que é e quais seus benefícios

Você já ouviu falar no método Tabata? Essa é uma modalidade de treino que tem sido cada vez mais buscada por quem busca por resultados rápidos.

Também chamado de Protocolo Tabata pelos fisiologistas, consiste em um protocolo de treinos aeróbicos intervalados, com alta intensidade e curta duração, que tem como objetivo acelerar o metabolismo para um maior gasto calórico que ocorre durante e depois do treino.

Esse método foi criado no ano de 1996 pelo pesquisador japonês Izumi Tabata, inicialmente para ser aplicado com as equipes de patinação de velocidade do seu país.

O que o protocolo propõe é trabalhar e desenvolver a capacidade cardiorrespiratória e aumentar força e resistência de maneira simultânea, dentro de um custo espaço de tempo, promovendo ainda, um gasto energético e calórico elevado.

A modalidade tem se tornado popular em todo o mundo e no Brasil isso não é diferente. Geralmente, as pessoas a buscam por desejarem obter resultados de forma mais rápida.

Benefícios de praticar o método Tabata Assim como qualquer prática esportiva, o método Tabata promove um estilo de vida com mais saúde e equilíbrio, além de outros benefícios importantes como:

  1. Alto gasto calórico: a queima de calorias ocorre durante e após os treinos, isso acontece devido a intensidade aplicada;

  2. Manutenção de massa muscular: por empregar o máximo esforço estimulando os tecidos musculares, o método exige que o corpo trabalhe para recuperar as fibras, o que contribui para a manutenção e para o ganho de massa muscular magra;

  3. Aumento da capacidade aeróbica e anaeróbica: De acordo com o criador deste protocolo, Izumi Tabata, o aumento da capacidade aeróbica é de 14% e da anaeróbica de 24%, quando o treino é feito de maneira regular. Isso faz com que a resistência aumente de forma generalizada;

  4. Menor tempo e mais resultados: os treinos são curtos e tem apenas 20 minutos, ainda assim, consegue promover resultados rápidos, sendo uma alternativa para as pessoas que tem pouco tempo na agenda para a prática esportiva.

Como o método funciona? Primeiramente é definido o conjunto de exercícios a ser realizado, quem fará isso é o personal trainer. O tempo também pode ser definido de acordo com a experiência do praticante indo de 4 a 20 minutos. São realizados minutos de exercício intenso intercalados com descanso.

Diferença entre Tabata e Hiit

Já falamos aqui no Blog sobre o que é o treino Hiit, que também consiste em um protocolo de treinos intervalados de alta intensidade. Porém, existem diferenças entre os dois tipos.

No Hiit existe uma maior flexibilidade com relação ao tempo dedicado ao exercício e tempo de pausa. Enquanto no Tabata as regras são bastante criteriosas.

Ambos os treinos são excelentes opções para quem tem o objetivo de queimar gordura e ganhar massa muscular. Além de serem adaptáveis para os objetivos particulares de cada um, ou seja, os exercícios podem ser direcionados para trabalhar diferentes partes do corpo.

Quem pode fazer o método Tabata?

De acordo com os especialistas, o método Tabata pode ser praticado por qualquer pessoa, sendo necessário, é claro, uma avalição para liberação médica.

Esta modalidade é indicada, especialmente, para os atletas de alto rendimento, já que promove a elevação da frequência cardíaca e pode levar os músculos ao limite do estresse.

Pessoas que tenham problemas nas articulações e hipertensos não devem praticar esse protocolo.

Conheça mais sobre esse treino

Se você gostou de conhecer este método e quer saber se você pode começar a praticar, entre em contato com a Sim Saudável.

Trabalhamos com diferentes modalidades de treinos funcionais com profissionais altamente capacitados para atender as suas necessidades e te ajudar a alcançar os resultados que você sonha.

Visite o site e saiba mais.

219 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page